Universo Cultural

Educação e Cultura da Nova Era
Home ATIVIDADES PRONTAS COMO REALIZAR DEBATES EM SALA DE AULA

COMPARTILHE:







O DEBATE EM SALA DE AULA

Como realizar um debate com seus alunos | Dicas e sugestões de debates em sala de aula | Roteiro para a realização de debates em sala de aula



INTRODUÇÃO

Dentre as formas ou atividades múltiplas da oralidade, a idéia de trabalhar em tomo do debatepúblico e das capacidades de argumentação dos alunos germinou a partir das seguintesconsiderações:

•o debate, que desempenha um papel importante em nossa sociedade, tende igualmente a tornar-se necessário na escola atual, na qual fazem parte dos objetivos prioritários as capacidades dos alunos para defender oralmente ou por escrito um ponto de vista, uma escolha ou um procedimento de descoberta;

•esse gênero pertence claramente às formas orais da comunicação (o que não significa que a escrita esteja aí totalmente ausente) e inclui um conjunto de capacidades privilegiadas nesse modo de comunicação: gestão da palavra entre os participantes, escuta do outro, retomada de seu discurso em suas próprias intervenções etc.;

•o debate coloca assim em jogo capacidades fundamentais, tanto dos pontos de vista linguístico (técnicas de retomada do discurso do outro, marcas de refutação etc), cognitivo(capacidade critica) e social (escuta e respeito pelo outro), como do ponto de vista individual (capacidade de se situar, de tomar posição, construção de identidade);

Além disso, trata-se de um gênero relativamente bem definido, do qual freqüentemente os alunos têm certo  conhecimento sobre o qual podem se apoiar. ((Dolz. J.; Schneuwly. B, p.248 e 249)


A representação que muitos alunos têm sobre o debate está relacionada ao "debate televisivo", que muitas vezes aparenta ser mais um afrontamento do que aquilo que gostaríamos de transmitir aos alunos. ((Dolz. J.; Schneuwly 13, p. 249)

Uma das formas de trabalhar com este gênero oral é o debate de opinião de fundo controverso: no que diz respeito a crenças e opiniões, não visando a uma decisão, mas a uma colocação em comum das diversas posições, com a finalidade de influenciar a posição do outro, assim como de precisar ou mesmo modificar a sua própria; vantagens e desvantagens do uso de bicicletas nas calçadas" ou ainda "A favor ou contra escolas mistas" constituem exemplos de temas possíveis. Por meio das confrontações e dos deslocamentos de sentido que permite e suscita, o debate representa aqui um poderoso meio não somente de compreender um assunto controverso por suas diferentes facetas, mas também de forjar uma opinião ou de transformá-la. ((Dolz. J.; Schneuwly. B, p. 250)


 


Que tema de debate escolher?


Um tema que interesse aos alunos, é claro, mas isso não é suficiente. O tema escolhido deve permitir uma controvérsia da qual coexistem opiniões diferentes e mesmo opostas.

Um tema pode se revelar muito complexo para os alunos, por exigir conhecimentos aos quais eles não têm acesso. Mas o tema pode também ser muito simples e faltar-lhe espessura social ecognitiva, os alunos não chegam a construir argumentos não triviais e fazem tudo aquilo que já sabem fazer. Dito de outra maneira, o tema escolhido deve permitir um progresso real aos alunos.

Quatro dimensões que devem ser levadas em conta quando se trata de escolher um tema:

uma dimensão psicológica, que inclui as motivações, os afetos e os interesses dos alunos;
uma dimensão cognitiva, que diz respeito à complexidade do tema e ao repertório dos alunos;
uma dimensão social, que conceme à espessura social do tema, suas potencialidades polêmicas, seus contextos, seus aspectos éticos, sua presença real no interior ou no exterior da escola, e ao fato de que possa dar lugar a um projeto de classe que faça sentido para os alunos;uma dimensão didática, que demanda que o tema não seja muito cotidiano e que comporte aprendizagens. ((Dolz. J.; Schneuwly. B, p. 260, 261 e 262).

Aprender a debater é também aprender a se documentar e a compreender esses documentos numa perspectiva de controvérsia, de busca de argumentos etc. Por isso toma-se necessário momento de busca, leitura, análise e seleção dessas informações. Também podem ser realizados momentos de escuta através de entrevistas com especialistas, pesquisas de opinião na rua etc.

Ensinar o oral implica desenvolver o hábito de registrar, para ter o traço das produções dos alunos,assim como na escrita que, naturalmente, deixa traços duráveis. O registro permite escutar-se, reescutar os outros, observar, analisar, criticar-se, fazer propostas para a melhora dos outros. ((Dolz.J.; Schneuwly. B, p. 274)


Princípios e procedimentos para a realização de um debate democrático




Preparação da sala

•Não há uma disposição obrigatória da sala para a realização do debate. Se o número de participantes for pequeno, é possível que todos se sentem em círculo. Se, entretanto, forem muitos os participantes (debatedores e/ou público), as pessoas devem ocupar as cadeiras normalmente a disposição original da sala.

O mediador do debate

•Posicione-se em pé na sala, numa posição central, de modo que possa ver e ser visto por todos.

•Inicie os trabalhos cumprimentando o público e apresentando o tema a ser debatido. Faça algumas considerações sobre a importância daquele debate e lembre as regra previamente estabelecidas.

•Se julgar necessário, indique uma pessoa para secretariar os trabalhos, fazendo as inscrições das pessoas que desejam falar.

•Ao passar a palavra a um debatedor, utilize expressões como: "Vamos ouvir a opinião de fulano"ou "Fulano, sua vez".

•Faça sinais para os debatedores alguns segundos antes do término do tempo (por exemplo,10 ou 15 segundos), a fim de alertá-los sobre o tempo

•Interfira no debate ao perceber que o debatedor está apresentando um argumento pouco claro ou superficial, fazendo perguntas como "Por quê?", peça que dê exemplo ou que explique melhor determinada afirmação.

•Interfira sempre que houver na sala ruídos ou conversas paralelas que atrapalhem o andamento dos trabalhos.

Tempo

•Os debatedores devem ter igualdade de condições e de tempo para expor suas idéias.

•Não se alongue com informações secundárias ou supérfluas, pois há o risco de não concluir o pensamento por falta de tempo.

•Vá ao ponto principal logo no início da fala e, se possível, use o restante do tempo com exemplos.

•Anote num papel o nome da pessoa e o argumento que ela apresentou. Posteriormente, sefor retomar ou combater esse argumento, consulte suas anotações.

Procedimento

•Nunca leve as discussões para o terreno pessoal. O que está em avaliação são as idéias, não as pessoas.

•Fale livremente; é seu direito não sofrer interrupções e não ser alvo de zombaria. Porém,manifeste-se apenas quando chegar a sua vez.

•Respeite as regras estabelecidas, caso contrário porá em risco o andamento e o sucesso detodo debate.

Os debatedores

Expressão

•Fale alto, de modo claro e articulado. Se necessário, fale em pé para ser ouvido por todos.

•Olhe diretamente nos olhos do mediador ou demais participantes; assim passará a impressão de firmeza e segurança.

•Se fizer uso de anotações durante a fala, leia-as de forma rápida e sutil, sem interromper o fluxo da fala e do pensamento. Evite abaixar a cabeça e o tom da fala,

•Evite gesticulação excessiva, que possa distrair a atenção dos ouvintes.

Uso da língua

•Use a variedade padrão, menos ou mais formal, de acordo com o perfil dos participantes.

•Evite o uso reiterado de palavras e expressões como né? Tipo assim, etc., pois atrapalham o fluxo das idéias e dispersam a atenção dos ouvintes.

•Faça referência à fala de outro debatedor, com expressões como Conforme disse fulano...,Concordo com a opinião de fulano..., Discordo em parte do ponto de vista de fulano...,Gostaria de acrescentar ao comentário do fulano que„,

Referências:
Linguagens Literatura — Produção de texto — Gramática CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. 3°Ano do Ensino Médio. Ed.: ATUAL
Gêneros orais e escritos na escola: SCHNEUWLY, Bernard; DOLZ, Joaquim e colaboradores. Ed. Mercado Letras,2004.

Comentários (5)
HISTÓRIA -UM DEBATE COM OS TEMAS JÁ TRABALHADOS
5Qua, 19 de Março de 2014 22:59
CRIS
MUITO BOM SUA RESPOSTA ,ERA MESMO O QUE ESTAVA PRECISANDO.
Comentário ao texto
4Qua, 11 de Setembro de 2013 06:23
Vera Carvalho
Obrigada pela partilha do texto. Claro, objetivo e bem estruturado. Vou utilizar como fonte de inspiração em debates futuros, com a referenciação do site, claro.
Obrigada
Muito bom
3Dom, 08 de Setembro de 2013 21:08
Erica Emo
adorei, tenho um trabalho de debate para apresentar e esse texto me ajudou bastante!  Muito Feliz
Muito bom , escola
2Ter, 20 de Agosto de 2013 17:43
Gui2001
Muito obrigado agora eu sei debater  Sorriso
o debate em sala de aula..
1Sex, 16 de Agosto de 2013 19:08
halana (ana)
achei este texto muito importante,pois eu estou fazendo um trabalho de portuguÊs é este texto esta me ajudando muito mesmo eu estou,aprendendo sobre o debate pois a prof vai fazer um debate na sala e ele mandou agente estuda sobre este assunto achei muito interessante ...agora vou para por aqui vou continui estudando para tira 10....
agradeço a quem fez este saite pois está me ajudando demais ..

bjss!
ass:halana

 Muito Feliz  Wink  Laughing

Adicionar comentário

 Negrito It álico Sublinhado Tachado Subscrito Sobrescrito Email Imagem Hiperlink Lista ordenada desordenadas lista Citação Código Hiperligação para o artigo pelo seu id
 Muito Feliz Sorriso Wink Sad  Surpreso  Chocado Confused Cool Laughing Mad Razz Embaraçados choro ou muito triste Evil ou Muito Louca Twisted Evil Rolling Eyes exclamação Pergunta Idea Arrow Neutro Sr. Verde Geek Uber Geek
Seu apelido/nome:
seu email:
Assunto:
Comentário:
 
Universo Cultural Fornecido por Joomla!
momentum Small Business Server